Categorias
Blog Marketing Marketing de Conteúdo Social Media

O Conto do Vigário das Mídias Sociais

A internet está quebrada. Para alguns, ela nunca funcionou tão bem. Para você, empreendedor, se não usar a estratégia correta, não.

A internet nunca funcionou tão bem para quem ganha dinheiro quando você cria um anúncio patrocinado ou impulsiona uma publicação.

Para os empreendedores que querem usar a internet com o objetivo de construir negócios, uma grande mentira está sendo contada.

Ela continua disponibilizando a melhor forma de se comunicar com seus clientes atuais e potenciais.

Mas se você não publica seu conteúdo no seu site, caiu no conto do vigário das mídias sociais.

Você confia nas Redes Sociais?

O problema com as redes sociais não é apenas quem manda nelas (Wall Street e grandes investidores).

Não são apenas os escândalos de privacidade ou a falta de transparência de grandes corporações.

O seu site é o melhor lugar para publicar seu conteúdo na internet porque ele é seu.

Seu site é seu porque o endereço é seu. A URL é sua. Você comprou e tem o direito sob aquele pedaço de terra na internet, e nenhum algorítmo vai mudar isso.

Se você não pagou, você é o produto. Não existe almoço grátis.

O conteúdo gerado pelo usuário é o que faz as redes sociais ganharem dinheiro. Porque sem o conteúdo que você publica, não há espaço para anúncios. E sem os anúncios, eles não ganham dinheiro.

A TV foi criada para que os anúncios tivessem um lugar para serem inseridos. O rádio foi criado para a propaganda poder ser veiculada.

Mas a internet foi criada para a comunicação entre pessoas. Mesmo com um fim bélico a princípio, a internet proporcionou coisas incríveis e uma revolução nunca antes imaginada.

Não crie seu site em terra de terceiros

As mídias sociais são plataformas de distribuição em que seu conteúdo deve ser compartilhado. Mas ele não deve morar lá.

Meação, ou sharecropping, é como alugar uma fazenda para construir a sua plantação. Você corre o risco do dono da fazenda aumentar o preço do aluguel. É a mesma coisa de um restaurante que está indo bem em um local alugado ter o aluguel dobrado. As contas não fecham, e o negócio quebra.

Se você depende do Instagram, se você depende do Facebook, corre um sério risco. Você precisa ter seu website, e usar as mídias sociais para compartilhar o conteúdo do seu website. Trazer as pessoas para o seu negócio, a sua propriedade, ganhar a confiança para poder se relacionar através de e-mail marketing, e aí sim converter fãs em clientes.

Porque na verdade, você não converte fãs em clientes. Você converte fãs em assinantes da sua lista de e-mail, e depois vende para eles. Sempre existem excessões e depende do tipo de negócio, mas este caminho faz muito mais sentido para a maioria das marcas do que apenas anunciar nas mídias sociais e tentar vender no primeiro contato com o cliente.

Lembre-se do círculo de confiança:

Via Copyblogger

Existem muitos influenciadores que faturam fortunas pelas mídias sociais. Não é o caso da maioria dos negócios, das marcas e dos criativos freelancers e empreendedores digitais. Grande parte dos influenciadores estão apelando para uma corrida ao fundo do poço pela atenção, e cada vez mais vemos coisas tristes na internet em busca da atenção. Você não precisa competir nesta corrida.

Construa autoridade através de relacionamento, confiança e bons produtos e serviços para a sua audiência.

Crie seu site de alta qualidade

Criar o seu site de alta qualidade é mais fácil do que você pensa.

Você não precisa investir milhares de reais com uma agência para criar seu site. Indicamos que você use o WordPress.org e um template que tenha o Genesis.

32% da internet usa o WordPress, de blogs amadores até os maiores sites de notícias.

WordPress.org

O Genesis é o framework de desenvolvimento de sites mais popular para o WordPress. A WP Engine comprou o StudioPress, a empresa que criou o Genesis e disponibiliza gratuitamente em seus planos a partir de $33 por mês uma super hospedagem com direito a todos os templates do StudioPress.

Basicamente, ao contratar a WP Engine você tem acesso à sua propriedade de mídia da forma mais robusta, segura e flexível disponível.

Sim, existe uma curva de aprendizado, mas ela vale a pena. Não é do dia para a noite que você aprende como criar um site incrível que realmente atrai, vende e fideliza clientes. Porque não é apenas o site, é o seu conteúdo dentro do site.

Cuidado com a procrastinação fantasiada de perfeccionismo em seu site.

Qual é o diferencial do seu negócio?

Qual é a sua razão única de venda? Seu site reflete isso?

No século XXI, todos são marketeiros. Todos sabem usar o Facebook e tem mais poder em seus bolsos do que levou o homem à lua. Todos conseguem publicar notícias e anúncios para suas marcas.

Estamos nos afogando em informação e famintos por sabedoria”

E. O. Wilson

A diferença entre um bom marketeiro e um ruim é que o bom entende de pessoas. Você não pode depender das mídias sociais para construir o seu negócio na internet.

Este é um dos grandes diferenciais que poucos querem que você saiba. O poder esta nas suas mãos.

Aqui vão alguns exemplos de negócios que construíram suas propriedades de mídia e não dependem dos algoritmos das mídias sociais:

Onde mora o seu conteúdo?

Não estamos falando que apenas o conteúdo orgânico vai funcionar para a sua marca.

Provavelmente você vai precisar de anúncios pagos. Mas o ponto principal deste artigo é que as mídias sociais são canais de comunicação para transmitir a sua mensagem, e não o lugar onde a sua propriedade de mídia deve ser construída.

Não deixe seu negócio nas mãos de outras pessoas. O Vitamina Publicitária já chegou a atingir 5 milhões de pessoas por mês com o Facebook. Hoje atingimos 50 mil. Mas isso não importa, porque construímos um relacionamento com nossa audiência e o impacto que temos nas pessoas que importam para o nosso negócio é maior do que conseguimos atingindo 5 milhões de pessoas superficialmente.

Construímos uma lista de e-mails de pessoas interessadas em nosso conteúdo. E o mais importante, criamos uma propriedade de mídia na internet, o site vitaminapublicitaria.com.br, este pedaço de terra digital em que você está agora.

E aí, onde está a sua propriedade de mídia?

Por Daniel Zollinger Chohfi

Daniel Zollinger Chohfi é empresário, publicitário, e ajuda empreendedores a construírem seus negócios com a internet.

Há mais de 15 anos no mercado, já foi dono de agências de marketing digital no Brasil, morou nos EUA, e é editor-chefe do Vitamina Publicitária, eleito como um dos melhores blogs de marketing pela Hubspot. Recentemente foi destaque na Copyblogger, considerada a bíblia do marketing de conteúdo pela VentureBeat.

12 respostas em “O Conto do Vigário das Mídias Sociais”

Excelente artigo, Daniel. Muita visão. Certa vez, “quebrei o pau” com uma sra. que “vendia” propaganda em uma das redes sociais como a panaceia para empresas e produtos. Ela era uma espécie de embaixadora dessa rede social. O tempo e a razão têm mostrado que não é, nem de longe uma forma que dá retorno efetivo às empresas. Tanto que estas rede social, hoje, está na berlinda por diversos motivos. É mais fácil vender produtos ou serviços em caixas de papelão de pizza… rs. Concordo com você sobre sites e blogs.

Comente: