Categorias
Blog Marketing de Conteúdo Social Media

Personalização: a Palavra-chave do Engajamento

Tenho acompanhado, com muito interesse, diga-se de passagem, o trabalho do Daniel (aqui do Vitamina) no seu projeto “Segredo das Mídias Sociais”.

Em sua série de vídeos, ele apresenta, de uma forma didática e chamativa, como ser bem-sucedido, fidelizar e se tornar referência para seus clientes.

No terceiro vídeo da série, a fala do Daniel me chamou a atenção para uma reflexão muito importante: a personalização nas redes sociais.

E esse é um papo que começa muito antes da rede social em si, começa na nossa sociedade.

Pensando sobre o assunto, percebi que queremos ser exclusivos. Tornar-se únicos e inigualáveis a ponto de ser a primeira lembrança de outras pessoas em determinados assuntos.

No meio empresarial e publicitário não é diferente. Consciente ou inconscientemente, estamos sempre buscando que nosso negócio ou nossa marca seja referência em serviços e produtos.

Já falamos que estar nas mídias sociais não é mais uma escolha: se você não marca presença lá, os consumidores (que deixaram de ser passivos há muito tempo) constroem sua imagem de marca. E aí, você está suscetível a tudo!

O Daniel explana os passos para se ter sucesso nesse meio e, dentre esses passos, eu destaco a personalização.

Quanto mais original (se é que é possível sê-lo atualmente) você for, maiores também serão suas chances de sucesso. Daí, a importância do planejamento que o Daniel tanto repete nesta série.

Cada passo, cada detalhe precisa ser pensado minuciosamente, considerando a maior possibilidade de variáveis: público, SEO, espaço, caracteres, dentre outros.

A personalização da sua rede social contribui grandemente para a fixação da sua marca seja pela linguagem, pelo layout, pelo tipo de publicação.

Conhecendo sua regra de negócio, você será capaz de identificar quais são (de fato) seus diferenciais diante da concorrência para, então, usá-los a seu favor.

A comunicação entre empresas e consumidores deixou, há muito tempo, de ser vertical e passou a ser linear.

Empresas também utilizam serviços de outras empresas; consumidores também prestam serviços.

Por esse motivo (e muitos outros, claro), destacar-se no mercado não é mais uma questão de preço ou de qualidade: a fidelização do seu consumidor está muito além.

Portanto, personalizar seu conteúdo, sua linguagem, seu serviço é agregar valor à sua marca.

Trazer o seu público como cocriador de conteúdo faz a diferença! Investir em profissionais capacitados e qualificados facilitam a conquista do seu objetivo!

Adaptar o conteúdo para cada mídia funciona!

Planejar não é perda de tempo: é ganho de experiência e garantia de sucesso!

Grupo de pessoas via Shutterstock.

Por Michele

Redatora publicitária, gerente de pauta e leitora assiduamente assídua. Graduada em Letras, mas amante e aprendiz da Publicidade e, principalmente, de Marketing de Conteúdo. Entre em contato no Facebook.

Comente: