Categorias
Blog Marketing Variedades

5 Dicas Infalíveis Para Criar um Networking Eficaz

Minha mãe sempre me disse que não era preciso ser rico; o importante era ter contato com quem era e tinha influência.

Por um bom tempo, eu acreditei piamente que essa era uma desculpa (bem esfarrapada) para explicar o fato de não poder comprar o que pedia no mercado ou na loja de brinquedos.

Hoje, eu entendo ela e atesto essa teoria.

O mundo globalizou-se há muito tempo.

Mais do que nunca, as coisas, as pessoas, as situações estão interligadas e possuem, em algum ponto, uma relação, uma ligação. Assim, mesmo que você não saiba ou não tenha percebido, você possui uma rede de contatos relacionados ao seu trabalho.

Essa rede – atualmente titulada networking pela moda do “estrangeirismo é sinônimo de conhecimento” – é construída intencionalmente, com muito esforço, conhecimento e trabalho.

Tudo bem que há situações inesperadas que também contribuem para que um networking eficaz cresça, mas, em 99% dos casos ele é resultado de muito compromisso.

Construir uma rede de contato eficaz é um processo intenso e sem fim. Para que ele tenha retorno positivo e lucrativo, não basta marcar reuniões ou encontros e trocar cartões; é necessário conhecimento, estudo, oratória e muita persistência.

Algumas dicas podem auxiliar nesse processo:

1. Seja simpático sem ser invasivo

Não é porque você está sendo profissional que não possa ser simpático. Infinitas pesquisas e estudos de caso mostram que as chances de fechar um negócio ou abrir as portas de uma boa oportunidade aumentam se o tratamento for amigável.

No entanto, é preciso ficar atento à linha tênue entre ser simpático e ser invasivo e falso. Mostre interesse, faça questionamentos pertinentes e ouça mais. Além disso, sorria!

2. Capriche na apresentação

Não falo somente da parte estética: falo de tudo que você pretende mostrar. Roupas, cartão, materiais: tenha o cuidado de manter um padrão de qualidade e de excelência. Por mais que não pareça, as pessoas notam e percebem quando nos preocupamos com os detalhes.

Essas ações revelam a maneira como encaramos nossos compromissos e responsabilidades. É uma amostra grátis do profissional que somos!

3. Aposte em qualidade

Se você já tem um networking, faça uma breve análise da qualidade dos contatos. Não estou dizendo para desprezar pessoas: a ideia é manter e alimentar aqueles que realmente agregam valor aos objetivos que você propôs.

Selecione pessoas que você admira e tem como referência, trace um planejamento de como se aproximar e, quando elas estiverem inseridas nos seus contatos, também tenha o cuidado para mantê-las nessa rede.

4. Ofereça qualidade

Você está construindo seu networking e os outros também estão. Então, certifique-se que você também está oferecendo algo de qualidade. Atualização constante através de leitura e cursos é lei para quem quer desenvolver (e fazer parte) de uma boa rede de contatos.

5. Personalize seu contato

Os contatos de massa não funcionam mais. As pessoas querem exclusividade e querem sentir que elas realmente fazem a diferença para você a ponto de você tratá-las com exclusividade. Então, cuide para ter um preview de quem você está prospectando para seu networking.

De posse de informações básicas, fica mais fácil iniciar um contato com sucesso!

Essas dicas são somente a ponta do iceberg.

Networking não é uma tarefa fácil e aperfeiçoamento constante é imprescindível.

Tenha em mente seus objetivos e, acima disso, lembre que networking é algo sobre pessoas; ou seja: cuidado e atenção são essenciais e surpresas, inevitáveis.

Foto do cachorro e elefante via Shutterstock.

Por Michele

Redatora publicitária, gerente de pauta e leitora assiduamente assídua. Graduada em Letras, mas amante e aprendiz da Publicidade e, principalmente, de Marketing de Conteúdo. Entre em contato no Facebook.

3 respostas em “5 Dicas Infalíveis Para Criar um Networking Eficaz”

Acredito que mesmo classificando as mentiras, elas não deixam de serem, essencialmente, mentiras. Transparência sempre em primeiro lugar, Sam.

Mas, essa é a minha opinião! 🙂 abraços!

Comente: