Categorias
Blog Digital

9 hacks de conteúdo para aumentar suas conversões

O seu conteúdo pode ser uma arma muito útil para o marketing digital. Veja como aproveitá-lo ao máximo

Já publicamos diversos artigos do The Growth Hacker (e vamos continuar). Dentro das táticas avançadas de marketing digital, os resultados do growth hacking ficam cada vez mais evidentes e deixam ser segredo de especialista.

content-hacker

As tendências de marketing digital se concentram atualmente em torno do growth hacking e do marketing de conteúdo.

growth hacking é uma técnica de marketing projetada para criar hacks inteligentes para o crescimento do produto em ritmo acelerado.

O marketing de conteúdo também tem haver com crescimento. Se você está criando conteúdo, quer aumentar o seu tráfego atingir mais pessoas.

Se você já incorporou esta prática em seu plano de marketing, já deve ter visto resultados promissores.

Então por que não dar um passo adiante? E se houvesse uma maneira de aplicar os princípios de growth hacking para o seu conteúdo e alcançar um aumento de tráfego em ritmo acelerado?

Há uma maneira. É chamado de content hacking.

Aqui estão 9 maneiras que você pode aplicar táticas de growth hacking em seus esforços de marketing de conteúdo até um impressionante crescimento em ritmo acelerado.

#1. Coloque seu OpenGraph em ordem

Quase todas as redes sociais utilizam tags HTML OpenGraph embutidos para gerar previews para que os leitores possam visualizar o conteúdo da página antes de clicar para ler o post.

Este simples trecho de código informa a rede social qual imagem, título e descrição usar quando um post for publicado.

Ontem tivemos um problema com o OpenGraph do artigo As 22 Leis da Marca. Para você ter uma ideia da perda de resultado, este artigo teve apenas 53 likes via Facebook em 24h porque não apresentava as tags corretas. Já o artigo As 22 Leis do Marketing que estava com as tags corretas atingiu mais de 1.100 compartilhamentos do artigo dentro do Vitamina Publicitária.

Configurar e testar essas tags requer algum tempo, mas vale a pena. As tags OpenGraph podem ajudar a melhorar as taxas de clique significativamente como você pode perceber no exemplo de ontem.

Se você estiver usando WordPress, o WordPress SEO Plugin by Yoast faz um excelente trabalho para todas as grandes redes.

Caso contrário, teste como seu link aparece nas mídias sociais:

#2. Use microdata e rich snippets

Até agora, a maioria de nós conhece o Google Authorship, a funcionalidade que exibe a imagem de perfil do autor ao lado dos resultados de pesquisa. O Google anunciou que vai remover as imagens dos resultados de busca, mas isto não reduz a importância do Google Authorship. Pelo contrário, ele está cada vez mais importante.

Estas pequenas jóias têm sido comprovadas no aumento das taxas de cliques e atenção do usuário. Mas as oportunidades não param por aí.

Microdados (também chamados de rich snippets) são as poucas linhas de texto que aparecem em cada resultado da pesquisa.

Em outras palavras, rich snippets fornecem alguns caracteres adicionais para convencer seus leitores de que seu link é digno de seu clique.

Felizmente, se você tem algumas habilidades em HTML, você pode controlar o que é visto aqui. Este é um tópico avançado, mas vale a pena explorar se você quer começar a dar uma potência extra fora de seu conteúdo.

#3. Partilhe os seus dados de negócios com os seus leitores

Os leitores adoram histórias, e ainda mais importante, eles adoram compartilhar histórias interessantes com seus amigos.

O aplicativo de compartilhamento social Buffer é outra empresa que está fazendo a sua história pública com um hack de conteúdo construído sobre dados. Indo além de contar a sua história, o Buffer compartilha todos os detalhes sobre o seu negócio em seu site, incluindo os salários dos funcionários.

Buffer Open Blog tem caracterizado o conteúdo sobre o seu negócio em uma base semanal, incluindo os respectivos números de receita, o tráfego do site e as métricas-chave associadas com o seu negócio.

Enquanto alguns podem ver esta estratégia como extrema, outras podem vê-la como um brilhante truque de conteúdo.

#4. Faça o seu conteúdo carregar mais rápido

Nós raramente assimilamos velocidade do site com o nosso tráfego, mas eles são totalmente relacionados.

Matt Cutts, um dos porta-vozes oficiais do Google, deixou claro que a velocidade do site é um fator que o Google usa para determinar rankings de busca.

Você não quer perder esse tempo carregando o seu site.

Um ótimo lugar para começar é o Google’s web performance best practices guide, que descreve uma série de coisas que você pode fazer para otimizar a velocidade do seu site.

Se você estiver usando o WordPress para gerenciar o seu site, não se esqueça de olhar para plugins como W3 Total Cache e Hammy para o redimensionamento da imagem.

#5. Adapte o conteúdo antigo

Uma ótima maneira de prolongar a vida do seu conteúdo evergreen (conteúdo que não vai perder relevância ou interesse ao longo do tempo) é transformá-lo em uma programação de autoresponder de e-mail para enviar aos assinantes ao longo do tempo, como fazemos aqui no Vitamina Publicitária assim que você se cadastra em nossa news.

Ao dar “conteúdo antigo” uma nova vida, desta forma, reunimos milhares de novos leads.

A maneira mais fácil de começar é escolher um tema comum em seu blog e encontrar um grupo de mensagens relevantes ao tema. Em seguida, agregue as postagens em sua conta para que elas sejam enviadas para seus assinantes ao longo do tempo.

#6. Repost seu conteúdo no Medium

Medium tem feito um grande impacto no mundo de conteúdo. Sua maravilhosa interface permite que você escreva de forma colaborativa ao lado de muitos outros escritores de qualidade.

É também um ótimo lugar para ocasionalmente repassar o seu conteúdo. O Buffer recentemente usou a plataforma Medium para compartilhar seu conteúdo, novos e antigos.

medium-700x363

#7. Promova o seu conteúdo nas mídias sociais mais de uma vez

Compartilhe o seu conteúdo mais de uma vez nas mídias sociais é uma prática interessante.

Algumas pessoas não se importam com a promoção contínua de uma peça, mas como é frequentemente o caso, é difícil argumentar com os resultados.

A verdade é que ninguém se importa ou nem percebe que você está postando seu conteúdo mais de 1 vez, desde que você não aja como um spammer.

Uma programação bem executada pode ser assim:

  1. Compartilhe a mensagem quando seu post for ao ar.
  2. Programe novamente o envio de suas mensagens nas mídias sociais entre 2 a 3 horas depois de publicado pela primeira vez.
  3. Mensagens são compartilhadas novamente nos canais sociais mais adequadas no dia seguinte.
  4. Outras séries de mensagens são enviadas na semana seguinte.
  5. Mais mensagens sociais são pré-programadas para o mês seguinte.
  6. Mensagens adicionais podem, opcionalmente, ser agendadas para a marca de 3 meses ou mais.

#8. Desenvolva um calendário de guest blogging

Você pode ter ouvido recentemente que o a guest blogging está morto, mas não está. É apenas mal compreendido.

Guest Blogging é um hack de conteúdo antigo e uma ferramenta de construção de vínculo muito poderosa. Pode construir a confiança e a consciência para a sua marca pessoal, ainda está muito vivo. Se você está fazendo a coisa certa, o a guest blogging ainda é um método poderoso para a promoção e networking profissional.

Na minha startup, nós tivemos uma campanha de guest blogging agressivo desde o lançamento e não há 1 dia que não valha a pena; muitas das nossas principais referências vêm de mensagens de hóspedes.

Além de tudo isso, guest blogging nos ajuda a construir a nossa influência online. Por exemplo, um post da Unbounce de apenas algumas semanas atrás resultou em milhares de tweets e compartilhamentos, bem como muitos novos seguidores nas mídias sociais e assinantes de e-mail.

Guest blogging ainda é uma forma clássica de growth hack e marketing de conteúdo – desde que você esteja usando para construir influência, não SEO.

#9. Entenda o que não é marketing de conteúdo

Todo mundo sabe que o marketing de conteúdo pode trazer tráfego, mas não é um processo feito da noite para o dia.

Tirar o máximo de proveito de cada parte do conteúdo que você cria é um grande começo, mas você também tem que explicar o fato de que o marketing de conteúdo leva tempo.

Marketing de conteúdo não é sobre trazer alguém para o seu site 1 vez e imediatamente convertê-los em cliente.

Trata-se de trazê-los de volta sempre. É sobre a construção da confiança com o seu público e ganhar o seu bolso no longo prazo.

Isso significa que um dos maiores hacks de conteúdo de todos os tempos é simplesmente criar o melhor conteúdo que você puder – o conteúdo que é melhor do que qualquer coisa que alguém já criou antes.

Então pergunte a si mesmo como seu conteúdo pode ser melhor.

  • Mais palavras?
  • Mais profundidade?
  • Mais vídeos ou imagens?

Growth hacking não é sobre truques e jogos.

Às vezes é apenas trabalho duro com o teclado. Certifique-se que seu conteúdo é de alta qualidade.

___

Este artigo foi adaptado do original, “9 Content Marketing Growth Hacks to Drive Traffic and Conversions”, do Unbounce e traduzido primeiramente pelo The Growth Hacker. Vale a pena segui-los.

Foto da planta via Shutterstock.

Por Daniel Zollinger Chohfi

Daniel Zollinger Chohfi é empresário, publicitário, e ajuda empreendedores a construírem seus negócios com a internet.

Há mais de 15 anos no mercado, já foi dono de agências de marketing digital no Brasil, morou nos EUA, e é editor-chefe do Vitamina Publicitária, eleito como um dos melhores blogs de marketing pela Hubspot. Recentemente foi destaque na Copyblogger, considerada a bíblia do marketing de conteúdo pela VentureBeat.

Comente: