Como Empreender sem Experiência

Existe um caminho perfeito para criar um negócio? Como empreender sem nenhuma experiência? Neste artigo, Bruno Perin conta um pouco da sua jornada e fala porque é sábio usar a experiência alheia para empreender.

Fazem 3 anos que estou viajando nessa missão de ajudar a fomentar o empreendedorismo e hoje é mais um dia em que estou aqui no aeroporto, em um horário estranho e com poucas pessoas.

Saí de um evento no interior do Paraná e refleti sobre um próximo livro das principais perguntas do mundo das Startups. O que me chamou atenção foi algo intrigante: as perguntas não mudaram tanto.

Após o evento, os participantes super empolgados já estavam paquerando o empreendedorismo de alto impacto, mas ainda não tinham tomado uma atitude. Faltava talvez o empurrão.

Alguns já estavam desenhando uma ideia e ainda não tinham dado o passo além, e parecia que só queriam aquela “permissão” para entrarem na jornada. Outros não tinham pensado na hipótese de empreender, vendo o empreendedorismo como algo tão longe que começou a chegar perto de suas vidas.

Eram 3 estilos diferentes de pessoas querendo o mundo das Startups, mas o ponto mais em comum eram justamente as dúvidas.

Não procure apenas o sucesso

As pessoas sempre esperam fórmulas, como se tudo na vida fosse um bolo com uma receita programada e um resultado certo.

Porém, até em bolos com a mesma receita, o resultado pode ser diferente. No empreendedorismo, que envolve uma amplitude muito maior de hipóteses, qual é a chance de uma fórmula funcionar?

Pode ser a preguiça ou os sonhos que nos vendem, mas o fato é que grande parte das pessoas está sempre atrás da forma mais simples de ter o máximo e partem para a busca do famoso passo-a-passo do sucesso.

Tenho notado é que apesar de tantas pessoas sugerirem processos claros para o tesouro, muito poucos chegam lá. E indo contra a lógica do que deveriam ser esses passos ao sucesso, a maioria acaba não indo longe.

Histórias de valor foram conquistadas com muito suor e determinação, não fórmulas. Genial é quem aprendeu com os erros dos outros.

Se fórmulas de fato existissem, todos as seguiriam passo a passo e teriam um resultado fantástico. Como não existiriam erros, todos seguiriam a fórmula. Olhar para frente e se espalhar é de fato muito importante. No entanto, o que nos esquecemos constantemente é onde estão as maiores possibilidades de fracasso.

Uma péssima característica do ser humano é acreditar que tudo de bom e maravilhoso vai acontecer consigo, mesmo que isso seja muito raro. Já a situação difícil mais comum ninguém acha que acontecerá.

Raro são as pessoas que olham os maiores erros cometidos no empreendedorismo e pensam que se existe muita gente cometendo estes erros, devo tomar muito cuidado e prestar atenção.

Porém, o que a maioria dos aspirantes a empreendedores fazem é:

1 – não se preocupam em descobrir quais são os maiores erros.
2 – com uma visão simplista, presumem que o erro é obvio, e tem total convicção que o irão evitar.

O que acontece quando você não aprende com os erros dos outros

Quem não aprende com os erros dos outros acaba tendo consequências do mesmo jeito e aumentando as estatísticas de pessoas que cometem as mesmas grande besteiras do empreendedorismo.

Eu sempre achei o máximo a frase que diz:

Pessoas inteligentes aprendem com seus erros. As geniais aprendem com os dos outros.

Esse podcast sobre o inicio do empreendedorismo ajuda muito – Criar Oportunidades, Não Apenas Preencher Vagas.

Para onde você não vai

Demorou muito tempo para aprender isso, mas hoje tenho levado muito forte dentro de mim e da minha jornada os maiores erros que as pessoas têm cometido naquele caminho que quero seguir. E isso é possivelmente uma das melhores ajudas que posso ter.

As questões sobre empreendedorismo tem sido as mesmas, os maiores erros não mudam a muito tempo e as pessoas continuam apenas olhando para o caminho do sucesso e caindo nas mesmas coisas. Eu consideraria fortemente entender para onde você não deve ir, o que você deve evitar, ter bem claro o que de fato seria muito inteligente não fazer.

Esses tempos eu e o João Cristofolini lançamos um e-book sobre isso – Os 15 maiores erros de novos empreendedores, e o retorno dos leitores foi bem interessante.

Por isso estou pensando no livro “As maiores duvidas das Startups”. Esse é um movimento sobre algo que tenho notado e queria chamar sua atenção. Quando me perguntam sobre como empreender com Startups e criar algo incrível, eu tenho respondido:

Não fazer as besteiras que a maioria tem feito já aumenta consideravelmente sua chance de sucesso, mais do que se lher der uma trilha.

E o que tem me chamado muita atenção é que justamente as pessoas que entenderam o recado, de fato estão atingindo os melhores resultados. Me parece uma ótima forma de começar…

Este vídeo lhe ajuda a complementar o assunto:

Responses

  1. Este artigo está fantástico e realmente mostra que o empreendedorismo não é apenas para pessoas com graduação e tal, é possível para todos que se dedicarem.

  2. Sou iniciante e esse artigo valeu por um curso inteiro de marketing digital e me fez ter uma visão otimista do meu futuro.
    Muito obrigado pela dica! Acabou de ganhar um seguidor.

    1. Obrigado Rogério! Boa sorte na sua jornada no marketing digital!

  3. parabéns pelo artigo show,artigo super esclarecedor me ajudou muito

  4. ótimo artigo parabéns muito bacana estou iniciando na área,achei suas dicas maravilhosas.

  5. parabéns pelo site estou aprendendo muito aqui,muito obrigado cara.

  6. Ótimas dicas, Eu estava pesquisando a muito tempo sobre isso, seu artigo ajudou bastante, Obrigado ganhou mais um seguidor.

Os comentários estão desativados.