Categorias
Blog Marketing

Como fidelizar clientes e mulheres

A fidelização de um cliente é muito parecida com os relacionamentos afetivos, e cheguei a algumas conclusões que são similares para ambos.

A fidelização de um cliente é muito parecida com os relacionamentos afetivos, e com 10 anos de mercado e 9 de um relacionamento maravilhoso, cheguei a algumas conclusões que são similares para ambos e ajudam a atingir a felicidade do ‘target’.

1. Seja a melhor solução disponível

É essencial que o seu produto, serviço ou pessoa seja a melhor solução disponível para o cliente no momento. Caso contrário, o melhor que você tem a fazer é orientar o cliente a procurar o melhor pra ele, ter a chance de conquistá-lo pela sua sinceridade e continuar investindo em você. É impossível concorrer com o Tom Cruise ou com as melhores agências de publicidade do mundo, porém na maioria das vezes também é inviável que a sua pretendente conquiste um ator de Hollywood ou contrate os fornecedores mais caros do mercado. Por isto, se você disponibiliza mais facilidades ou um melhor custo x benefício para o target, use as armas a seu favor.

2. Conheça o seu cliente

Para que você possa ser a melhor solução disponível, é necessário conhecer o seu cliente. Entender as necessidades do mercado é lindo, e é a essência da mercadologia. A partir do momento que você realmente entende os detalhes, diferenciar-se é o resultado natural. O lucro é consequência de um trabalho bem feito, já sabem os bem sucedidos.

3. Faça um bom planejamento

Estar preparado é essencial. Seja para uma reunião, um jantar, um fechamento ou propor a sua mulher em casamento, saber o que fazer e ter as suas tarefas e afazeres organizados trás uma vantagem competitiva que é vista como diferenciação em qualquer situação. O Basecamp ou o Evernote podem ajudar muito a organizar deste uma reunião até um casamento. Estar a frente do que o cliente ou a escolhida pensam resulta na superação das expectativas, e isto é algo que todo mundo quer.

4. Crie um relacionamento

A base de um relacionamento é a confiança. O seu cliente tem que confiar em você, assim como a sua parceira(o). A confiança e a comunicação são essenciais. Provavelmente a maioria dos profissionais de marketing, publicidade, vendas e afins que lerem este artigo já tem muita habilidade com a comunicação, e este não é um problema. O problema é que quem tem muita facilidade para comunicação, tende a gostar de ampliar os fatos, e isto pode tornar mentiras mais fáceis de serem contadas. É importante que tanto em um relacionamento amoroso como na relação fornecedor x cliente a verdade seja base e assim a geração de resultados positivos para todos é consequência.

5. Satisfação é a alma do negócio

Propaganda também, mas se você frustar a expectativa do cliente ou de uma mulher, meu amigo… Atualmente uma segunda chance dificilmente é concedida devido a grande quantidade de pessoas e fornecedores disponíveis no mercado, por isto é importante sempre lembrar-se de satisfazer o seu cliente. Quanto melhor fidelizado, mais chances de dar uma segunda chance também você terá. Primeiro ele, depois você. Este é um detalhe muito importante que todo vendedor sabe. Você agrada o cliente, bajula, conquista, fideliza, e o retorno vem.

“Calvin Coolidge Worthington, segundo um conhecido, era daqueles vendedores que descobriram que o consumidor não quer comprar algo de você: ele quer gostar de você.”

 

Aqui vai uma breve história que ouvi em um dos Congressos Nacionais de Vendas que participei.

 

O SEGREDO DO MAIOR VENDEDOR DO MUNDO
Artigo publicado na revista Venda Mais – Agosto 2004

Este é um mês especial para nós vendedores, é quando exaltamos o Vendedor. Pensei, então, porque não escrever sobre um vendedor, mas não um vendedor comum e sim o Maior Vendedor do Mundo.

Ele foi eleito, em 1997, pelo Guiness Book ® – o famoso livro dos recordes, como O Maior Vendedor do Mundo, pela magnífica marca alcançada vendendo automóveis. Este homem vendia sozinho mais automóvel que a concessionária inteira junta; enquanto um vendedor comum leva em média 5 anos para vender 600 automóveis ele vendeu em um ano mais de 600 carros, só com indicações.

joe_girard[1]Este fenômeno em vendas chama-se Joe Girard, e quando perguntaram a ele qual seria o seu segredo, ele disse: – A venda não acaba quando o cliente compra, ela está apenas começando…
Joe, como gosta de ser chamado mantinha um forte relacionamento com seus clientes, após cada venda ele fazia um rápido registro de seus clientes com informações básicas e iniciava o seu pós-venda através do envio de correspondências simples, ex:

. Aniversário de seu cliente: “Caro John, feliz aniversário que você seja muito feliz! Um abraço Tio Joe”.
. Aniversário do filho do John: “Olá pequeno John Jr., parabéns e muitas felicidades, tenho certeza que quando crescer você será como seu pai, um homem de muito sucesso! Um abraço Tio Joe”.
. Dia de Natal: “Amigo John, desejo a você e toda sua família um ótimo Natal com muito amor e que Deus ilumine a todos! Tio Joe”.
. Dia das mães: ”Prezada Sra. Mary (mãe de John), parabéns a senhora nesta data tão especial, que Deus lhe saúde e muitos anos de vida para poder acompanhar de perto o sucesso de seus filhos e netos, atenciosamente Tio Joe”.

Agora eu lhe pergunto: Quando o John for trocar o carro, ele irá procurar quem? Quando o filho dele for comprar o primeiro carro, após ter recebido cartas de feliz aniversário durante anos seguidos, ele irá procurar quem? Quando o pai dele for trocar de carro irá procurar quem? Quando um amigo de John comentar que está pensando em trocar de carro quem ele indicará? E quando a amiga da mãe de John comentar, que está precisando trocar aquele traste que tem em casa (estou falando do carro velho não do marido), quem ela indicará?

Provavelmente você deve ter respondido Tio Joe às perguntas acima e notado o poder desse tipo de atitude, que gera uma reação em cadeia.

Agora que você já conhece o segredo de Tio Joe, faça o mesmo com seus clientes e tenho certeza que daqui alguns anos estarei aqui escrevendo um artigo sobre você.

Boas Vendas e Sucesso!
César Frazão

 

Quer aplicar os mesmos conceitos? Para clientes acredito que tenha ficado claro.  Para relacionamentos amorosos, basta fazer um “follow-up” sobre o máximo de situações possíveis (sem exagerar, claro). Como foi o seu dia? O que você almoçou hoje? Está tudo bem? Como posso ajudar neste problema que você está passando? As vezes, mesmo que não possa ajudar, uma simples palavra faz toda diferença. Resumindo, pense na satisfação pós-venda. Isto é fidelização, e se você pensar apenas na conquista, no pré-venda, não está seguindo os passos do maior vendedor do mundo.

 

6. Paciência

Ela é fundamental para tudo na vida, e em um relacionamento também é fundamental. Tenha calma, planeje os seus passos, revise e na hora de agir, faça o melhor possível que tudo dará certo.

Pra encerrar, aqui vai um vídeo que foi publicado no B9  sobre uma Série de documentários que revela segredos de relacionamentos que duram chamada Global Glue Project.

Também vale a pena ler o livro Neuromarketing aplicado à Redação Publicitária: Descubra como atingir o subconsciente de seu consumidor.

Espero que tenha gostado e se tiver mais dicas para a fidelização de clientes e relacionamentos amorosos, por favor, compartilhe nos comentários!

Por Daniel Zollinger Chohfi

Daniel Zollinger Chohfi é empresário, publicitário, e ajuda empreendedores a construírem seus negócios com a internet.

Há mais de 15 anos no mercado, já foi dono de agências de marketing digital no Brasil, morou nos EUA, e é editor-chefe do Vitamina Publicitária, eleito como um dos melhores blogs de marketing pela Hubspot. Recentemente foi destaque na Copyblogger, considerada a bíblia do marketing de conteúdo pela VentureBeat.

Comente: