Categorias
Blog Publicidade

Como foi a Copa das Confederações para as marcas?

A Copa das Confederações foi o primeiro de grandes eventos esportivos que o país receberá nos próximos anos, e além de testar a estrutura criada para a Copa do Mundo, a competição foi um belo teste para as marcas brasileiras, que tanto patrocinam o torneio, como também para as parceiras da seleção brasileira.

Para saber o posicionamento das marcas durante a competição. a Ipsos fez um estudo sobre as motivações dos consumidores brasileiros por trás da Copa do Mundo de 2014 juntamente com seu recall durante a Copa das Confederações com o final previsto para o início de agosto.

O estudo apontou as marcas Coca-Cola, Itaú e Brahma como as marcas mais lembradas de maneira espontânea, mostrando o quanto os patrocinadores da Copa do Mundo (Adidas, Hyndai e Fly Emirates) tem esse tipo de ligação baixa. Diversas marcas buscaram se comunicar com o público com mensagens ligada a competição, e isso fez, em média, 3,5 delas serem lembradas pelo público.

Em relação ao recall das marcas patrocinadoras a Coca-Cola, a Visa e o Itaú foram as marcas mais lembradas pelo público. E entre as não-patrocinadoras foram a Rede Globo de Televisão, Guaraná Antártica e Brahma os que ficaram no topo.

O estudo ainda está sendo realizado, mas já da pra ver mais ou menos quais são as marcas que estão na boca do povo se destacando mais que as seleções dentro das 4 linhas.

Por Felipe

Bacharel em Publicidade e Propaganda pela Universidade Metodista de São Paulo e Técnico em Administração de Empresas pela ETEc Lauro Gomes, atua desde 2010 no mercado digital.

Uma resposta em “Como foi a Copa das Confederações para as marcas?”

Estive em 2 jogos da Copa das Confederações, incluindo a final, no maracanã. As marcas patrocinadoras tiveram um espaço, onde fizeram quiosques com ações. A sony levou o bebeto pra fazer embaixadinhas com a galera, a Adidas fez um stand enorme com alguns produtos em tamanho gigante pra galera tirar foto, o Itaú fez uma cabine onde você tirava foto e ia pro instagram sei lá onde… Meio confusa.
Por incrível que pareça, a ação mais simples foi a budweiser, que colocou duas promotoras bem “agradáveis” na entrada e vendeu cerveja. Só isso foi capaz de fazer o seu quiosque ser o mais visitado do local…rs

Outras marcas nem foram dignas de menção.
Incrível como deixaram uma boa chance de cativar o público que já estava presente cair de bandeija…

Comente: