Categorias
Blog Variedades

Fazendo dinheiro online

Não vou falar de nenhum novo super negócio na web que vai gerar lucros. O assunto é moeda digital. Não, também não é sobre compras online.

Você sabia que tem gente por ai fazendo transações com um dinheiro virtual? É a Bitcoin!

Logo após a crise mundial que afetou boa parte do mundo em 2009, o matemático Satoshi Nakamoto criou a Bitcoin, que nada mais é do que uma moeda digital desenvolvida usando o seu próprio computador, por meio de uma rede P2P (peer-to-peer).

Diferentemente das moedas convencionais, a Bitcoin não precisa de nenhum órgão emissor, como um banco central, o “dinheiro” é gerado diretamente do computador das pessoas. É, qualquer um pode fazer isso! Mas calma, não é por isso que não tem regulamentação.
Para fazer seu rico dinheirinho, o usuário deve se cadastrar no site www.bitcoin.org e baixar um programa de compartilhamento de arquivos para receber uma identificação. A partir daí, começa o processo de geração das moedas, chamado de “mineração”.

A rede conta com um banco de dados que se expande a intervalos de tempo determinados, usando cálculos matemáticos. O computador vai “resolver” os problemas numéricos, criando novas moedas e gerenciando as transações financeiras. Apesar de ser uma transação anônima, os usuários podem ver todo o caminho realizado por uma BTC, garantindo que ela não seja gasta duas vezes.
Uma vez geradas, as bitcoins podem ser salvas em forma de arquivo. As transações acontecem via internet entre qualquer pessoa que tenha um endereço de Bitcoin.

Se você se animou com a ideia, é bom saber que o investimento em hardware para se conseguir boas cifras é alto e a quantidade de Bitcoin geradas em um lote, no entanto, nunca passa de 50. Os criadores da moeda estipularam um valor máximo de 21 milhões de Bitcoins a serem geradas no mundo para que não existam chances de inflação. Até hoje, já foram geradas cerca de 8 milhões de Bitcoins.

Porém, a “mineração virtual” não será rentável para sempre, já que é preciso controlar as moedas de alguma forma. Por isso, quanto mais pessoas entrarem na criação das BTC, menos dinheiro o processo de criação de moedas vai render.

Comente: