Categorias
Blog Marketing

Fidelização de Cliente por E-mail Marketing para Designers Freelancers

O e-mail marketing é a ferramenta ideal para entregar conteúdo e trabalhar no seu relacionamento com o cliente. Como freelancer, ter a sua base de clientes fiéis é crucial para conseguir um fluxo constante de trabalho. Clientes felizes são clientes que voltam com os seus próximos projetos!

E para qualquer freelancer, ter uma base de clientes fiéis é crucial para conseguir um fluxo constante de trabalho. Clientes felizes são clientes que voltam com os seus próximos projetos!

Como um designer freelancer, o seu talento é o seu ganha-pão, mas a maneira que você se relaciona com os seus clientes é o seu trabalho de verdade. Com cada novo projeto, vem também uma oportunidade de conquistar esse cliente e assegurar o faturamento futuro. Embora designers sejam pessoas naturalmente criativas, muitos pecam na hora de usar essa criatividade no relacionamento com o cliente.

Conquistar clientes novos é difícil – e conforme a competitividade no universo freelancer vai crescendo, o custo e dificuldade de conquistar novos clientes sobe também. Por isso é cada vez mais importante ter certeza de que você conseguirá reter os clientes que tem – e isso requer tempo e dedicação da sua parte.

Para que um cliente pense em você quando tiver um novo projeto no futuro, mantenha sua marca pessoal na mente deles com uma comunicação constante. E é aí que o e-mail marketing entra em jogo. Todos nós temos pelo menos uma conta de email, e quase todos conferimos a nossa caixa de entrada pelo menos uma vez ao dia – é realmente a maneira mais prática de manter uma janela de comunicação com todos os seus clientes passados.

Para ter uma melhor idéia da importância do email para empresas (e freelancers) pelo mundo todo, confira este gráfico que saiu de uma pesquisa da Adobe (Consumer Email Survey). O gráfico responde à pergunta “Como os consumidores preferem ser contatados por marcas”.

Sim, mais de 60% dos consumidores preferem que as empresas entrem em contato por email – e você, como freelancer, deve aproveitar essa informação. Afinal, você é a sua própria empresa.

Agora que deixamos claro que o email é um canal importante para se comunicar com os clientes, vejamos o básico para você começar a usar o e-mail marketing para fidelizar clientes.

Retenção de clientes com e-mail marketing: segmentação em foco

Você tem (ou deveria ter) uma base de dados com todos os seus contatos. Mas esses contatos não incluem apenas clientes que compraram de você recentemente. Você também terá leads que ainda não compraram o seu serviço – e isso serve para ilustrar que a segmentação é necessária para qualquer tipo de e-mail marketing.

Uma das grandes vantagens de usar o e-mail marketing é que embora a mensagem seja enviada por um software, ela ainda pode ser pessoal e até familiar. Todos nós queremos uma mensagem que seja personalizada, todos queremos nos sentir únicos. E para você, com a sua base de dados, isso não será fácil.

Primeiramente, deixemos os leads, que são seus clientes potenciais, de lado. Falemos, apenas, dos seus clientes. Cada um deles espera uma mensagem que pareça ter sido feita para eles em particular – assim como o conteúdo que cada um deles espera também varia. Você precisa dividir os seus contatos em grupos mais pequenos, grupos que tenham coisas em comum.

Esse esforço para personalizar as suas mensagens pode parecer uma barra pesada, mas o resultado valerá a pena. Confira um gráfico feito pela Econsultancy sobre o impacto de diferentes aspectos de personalização em campanhas de e-mail marketing.

O seu objetivo final aqui é que os seus clientes voltem, que pensem em você quando tenham um outro projeto. Com isso em mente, procure grupos entre os seus contatos para que você tenha mais direção ao fazer as suas mensagens. Procure entender porque eles compraram o seu serviço, porque eles se inscreveram na sua base de dados.

Para um freelancer, isso pode incluir o tipo de projeto que o cliente comprou. Outro segmento pode ser os clientes que já compraram o seu serviço mais de 4 vezes – esses merecem um desconto, não é? Outro segmento são os clientes que seguem e interagem com vocês nas redes sociais. Procure entender os diferentes tipos de pessoas que contratam o seu serviço.

Uma vez que você tenha grupos mais pequenos, ficará mais fácil entender o que você pode fazer para fidelizar cada segmento.

Para dar um exemplo prático de como a segmentação é importante, considere que nesse segmento temos um cliente que te contratou 4 vezes – todas elas para desenhar um website diferente. Se você enviar um email para esse cliente com uma oferta de 90% de desconto no caso de compra do desenho de uma revista, a única coisa que o cliente pensaria ao ler seria “Legal… mas porquê ele não me ofereceu um desconto que eu pudesse usar?”.

Vias para retenção de clientes com e-mail marketing

Mantenha a conversa depois do serviço

Para que os seus clientes lembrem de você e do seu maravilhoso serviço como designer, você tem que ter certeza de que o seu nome ainda está na cabeça deles na hora de ter outro projeto de design. Enviar emails periódicos é uma boa maneira de manter o contato sem forçar a barra. Enquanto uma chamada por semana pode resultar em muitos clientes irritados, um simples email resolve o problema.

Mas tenha cuidado: o simples enviar e-mail não é o suficiente. Essa mensagem deve ter algo que seja construtivo – o objetivo das suas campanhas de e-mail marketing não é encher caixas de entrada e sim conseguir um bom relacionamento com o cliente. Uma newsletter é uma maneira perfeita de manter o seu nome na cabeça dos clientes – mas isso vem com um requerimento: conteúdo.

Ofereça conteúdo útil aos seus destinatários

Esse conteúdo pode ser qualquer coisa. Literalmente – o único requerimento aqui é que o conteúdo tem ser relevante para o cliente. Como designer, talvez você não queira passar horas escrevendo artigos sobre design e isso é compreensível. Uma newsletter pode oferecer inspiração aos seus clientes – com imagens de projetos passados ou até imagens que não são suas.

Uma newsletter em estilo editorial, no qual você apenas seleciona coisas que podem ser inspirados aos seus clientes. Vai sem nem dizer, que tudo que não é seu deve ser corretamente citado.

A questão do conteúdo é simples. Você não pode limitar o conteúdo do seu e-mail marketing a apenas descontos do seu serviço. Talvez isso atraia novos projetos, mas se você oferece descontos todos os dias cada projeto será menos lucrativo. Ao invés disso, pense na razão pela qual esses clientes te escolheram (a famosa segmentação).

Talvez um cliente tenha te escolhido porque ele gosta do seu estilo, da sua arte. Um caso onde as pessoas se interessam pela arte que está atrás do serviço, pense em um material que fale mais sobre a sua inspiração, o processo de criação do projeto – ou outros artistas que usam um estilo semelhante em outros setores.

Você pode tomar essa oportunidade para expor outros aspectos do seu talento. Na sua newsletter, inclua algum artigo que explica como um certo projeto que você fez conseguiu que o site aumentasse o seu tráfico em 20%, por exemplo. Talvez os outros clientes seus (que nunca te contrataram para desenhar o blog deles) considerem obter os seus serviços depois de ver uma história de sucesso.

Em um artigo como esse, use a teoria para ter um material que não seja apenas sobre você e como o seu serviço é bom. Procure ter algo educativo que ajude os seus clientes a ver porque ter um bom designer gráfico cuidando do desenho do blog é tão importante. Assim, você acaba com uma pequena prévia de como seria contratar o seu serviço e ajuda o cliente a aprender um pouco mais sobre design.

Tenha um sistema de recompensas

Todo mundo gosta de ser reconhecido, de ser apreciado. Como freelancer, é importante que você organize os seus clientes em algo similar à uma pirâmide. Os poucos clientes que são mais importantes no topo, com os novos clientes que te contrataram apenas uma vez no fundo.

O topo da pirâmide mostra os clientes que devem receber muitos cuidados e merecem algum tipo de vantagem em estar nesse segmento. Claro que o que você escolhe dar por recompensa vai depender muito de você – mas aqui vale a pena lembrar que recompensas não tem porquê ser apenas monetárias.

Por exemplo, uma campanha aos clientes que já levam muito tempo com você pode ter algo mais pessoal. Todos nós recebemos muitos emails diários com ofertas e descontos, e por isso é vital encontrar um diferencial. Uma extensão do seu serviço, por exemplo.

Esses clientes já gastaram muito dinheiro com você e claramente gostam do seu serviço. Ao invés de oferecer preços mais baixos, uma mensagem com uma nota sua agradecendo a lealdade deles, junto a uma simples oferta: pelos próximos dois meses, esses clientes podem vir a você com qualquer tipo de pedido de modificação do site que você fez para cada um.

A maioria desses clientes já está feliz com site que você desenhou, e provavelmente terão um ou dois detalhes que querem mudar – e agora sabem que podem contar com a sua ajuda sem nenhum tipo de custo extra. Isso seria um toque pessoal que mostra que nem sempre a lealdade é sobre dinheiro – às vezes a lealdade vem do cuidado e atenção que você presta ao cliente. Acredite, um cliente que sabe que você se importa será um cliente que voltará.

Faça perguntas com o seu e-mail marketing e conheça bem os seus clientes

Os seus emails podem fazer perguntas aos seus clientes. Isso é uma boa maneira de saber mais sobre o tipo de problemas que os seus clientes tem – e que talvez você possa resolver. Uma campanha de email que busca mais informação sobre os clientes sempre dependerá da sua habilidade de enviar esses emails aos clientes que têm mais chances de te responder.

Sobre o tipo de perguntas que você pode fazer, pense em maneiras de identificar coisas que podem levar os seus clientes a te contratar de novo. O importante aqui é lembrar que essas mensagens não são sobre você – o centro da campanha sempre será o cliente e as suas necessidades.

Vamos a um exemplo prático. Você tem na sua lista de contatos, muitos clientes que te contrataram para outros tipos de projetos que não incluíam o desenho de nenhum site. Com uma campanha de e-mail marketing na qual você faz uma simples pergunta:

Qual é o maior problema com o seu site?”

ou

O que mais te incomoda sobre seu site?”

Qualquer tipo de resposta vai incluir aspectos de design de sites, sobre melhorar a experiência de usuário.

Ao responder com maneiras que os clientes podem resolver o problema, apenas mencione que você poderia fazer essas mudanças e melhorar o site do cliente. Você deve sempre dar informação suficiente para que se o cliente quiser, possa ir para outro designer com esse projeto – identifique o problema central que incomoda o cliente e informe ele no seu email de resposta.

O seu objetivo aqui não é forçar o cliente a te contratar – é sempre fazer o cliente ver que você está aqui para ajudar e tem o melhor interesse do cliente em mente.

Como ficou evidente neste artigo, ganhar a lealdade de um cliente não é nada fácil. Mas para um designer freelancer, a retenção de clientes deveria ser uma prioridade. Use o e-mail marketing para continuar se comunicando com o cliente depois do projeto e tome absolutamente todas as oportunidades que pode para mostrar que você se importa com a satisfação do cliente e que cada cliente é importante.

Claro que muitos outros aspectos entram em jogo na satisfação do cliente – a sua pontualidade com o projeto, a qualidade do seu trabalho, a sua disponibilidade para dar atenção ao cliente… Mas depois de tudo fechado e feito, ainda cabe a você continuar ajudando o cliente e ir ganhando a sua confiança. E com um software de e-mail marketing, tudo isso fica muito mais fácil!

E lembre-se: antes de tudo, seja cordial e pessoal nos seus e-mails. Outra coisa importante é o fato de que recompensas e reconhecimento não são exclusivamente monetários, algo mais pessoal pode te diferenciar dos seus competidores e ganhar o coração dos seus clientes.

Por Rebeka Costa

Rebeka tem paixão por marketing digital e é fascinada com as constantes novidades que a internet tem para oferecer. Com anos de estudos pela Europa e pelos Estados Unidos, tem uma grande quantidade de conhecimento - e busca sempre aplicá-los ao mundo empresarial.

Depois de entrar em contato com tantas culturas diferentes, trazer parte desse conhecimento de fora para o Brasil se tornou em um sonho. Passar para o próximo tudo que foi aprendido com o passar do tempo. Agora, o seu foco está em como podemos ajudar as empresas e profissionais freelancers pelo Brasil a passar pela transição digital e sair por cima.

2 respostas em “Fidelização de Cliente por E-mail Marketing para Designers Freelancers”

Comente: