Categorias
Blog Social Media

Klouterização e o que é ser influente

Afinal, o que é ser influente nas redes sociais? Para muitos, isso se responde com o número do Klout.

Se você nunca ouviu falar disso se mata a gente explica: Klout é uma plataforma que, levando em consideração o número de visualizações e compartilhamentos dos posts, avalia numa escala de 0 a 100 o quanto o perfil é influente.

O Klout virou uma febre, principalmente entre as empresas, e muitas levaram isso tão a sério que basearam muitas das suas estratégias de marketing a partir dele, premiando usuários ~influentes~ com viagens e passeios de carro, mesmo sem retorno garantido.

Tem até quem envie seu número do Klout no currículo (OI?!), e também balada que só pode entrar quem tem Klout acima de 40. (Para você ter uma idéia do quanto é difícil ter um Klout alto, o da Lady Gaga é 92).

A verdade é que ninguém sabe muito bem ainda o que isso quer dizer de fato, mas todo mundo adora números 😀

É claro que usuários com mais seguidores/fãs terão mais visualizações e, consequentemente, mais compartilhamentos e likes. Mas será que o perfil do Luciano Huck é mais influente que o do Leonardo Sakamoto, por exemplo, por ele ter um Klout maior? Faça um teste: Veja quantos perfis fakes ou inativos existem entre os seguidores do Huck. Analise o conteúdo que ele posta. Será que ele é um produtor de conteúdo relevante pra muita gente? Há uma diferença enorme entre ser popular e ser influente.

Não é que os números não importam, mas eles não são tudo. Estamos falando sobre criar relacionamentos, então com certeza alguém que a gente conhece de fato e confia vai ser sempre mais influente para nós do que qualquer celebridade ou especialista com Klout acima de 70. A neura com os números, às vezes, faz esquecer que tudo isso ainda é sobre pessoas.

Autora: Tatiana Nascimento ( Poka )

Comente: