Categorias
Blog Marketing de Conteúdo

MNM 25: A Melhor Estratégia de Mídias Sociais

O melhor da internet é você ser o dono da comunicação com a sua audiência e seus clientes.

Como designer freelancer ou empreendedor criativo, grande desafio é usar o melhor das redes sociais e não depender delas. No início do Facebook, era fácil alcançar 50% dos fãs nos posts.

Hoje, se alcançar 1% você está de parabéns. Se você não pode investir em anúncios, aprenda porque não depender das redes para vender é a melhor estratégia de mídias sociais.

Neste episódio, você vai aprender:

  • Como não depender das mídias sociais.
  • O que fazer para não precisar investir em anúncios.
  • Porque as mídias sociais podem construir ou destruir o seu negócio.
  • Quando usar as redes sociais a seu favor.
  • Para onde a sua empresa está indo.

Notas do Show

Destaques, Dicas e Bônus

  • Crie seu site antes de usar as mídias sociais.
  • Use as mídias sociais para atrair visitantes para seu site.
  • Inicie o relacionamento pelas redes sociais e dê continuidade via e-mail marketing.
  • Não dependa das mídias sociais.
  • Cuidado ao colocar todas as fichas em uma cesta só.

Episódios Futuros

Transcrição

O melhor da internet é você poder ser o dono da audiência. É você poder ser o dono da comunicação com a audiência.

O grande desafio é você usar o melhor das redes sociais e não depender das redes sociais.

Como você faz isso? Veja o Facebook, por exemplo, você no começo tinha um alcance gigante, um alcance de 20, 30, 40, 50, 60 até mais por cento da sua audiência, então se você tinha 100 fãs, você publicava alguma coisa você conseguia atingir 50 fãs, e hoje esse alcance é menos de 1%.

Quem criou a sua marca no Facebook ou quem criou sua marca em outras redes sociais, veja o Snapchat, por exemplo, grandes personalidades que usavam o Snapchat não estão mais usando o Snapchat, tiveram que migrar suas audiências para outras plataformas, por exemplo, para um Instagram History. Você deve ser o dono da sua comunicação ou o quanto mais você conseguir ser o dono da sua comunicação, melhor.

Então, se você conseguir usar o melhor das mídias sociais e ainda ser o dono da comunicação, melhor. Como ser o dono da comunicação? Esse que é o ponto principal, via, normalmente, via e-mail marketing.

Então, antigamente tinham outras formas como RSS, por exemplo, que ainda funciona, se você usa ou se sua audiência, se seus clientes usam programas como o Pocket ou leitores de RSS é uma outra forma. Então você publica no seu site e aí as pessoas recebem o seu conteúdo. Mas a forma mais simples é e-mail marketing. Então, o objetivo é: atrair as pessoas das mídias sociais para o seu site ou para sua lista, ou através do seu site para elas se inscreverem na sua lista. Usa sim, o melhor das mídias sociais e você também usa o melhor de você poder ser o dono da comunicação, o dono da sua própria audiência.

Você não precisa depender hoje do canal de televisão, você não precisa depender hoje mais da revista, você não precisa depender hoje de ninguém. O desafio hoje é você não depender das redes sociais e usar o melhor das redes sociais. E-mail vende, e-mail vende 40 vezes, 40 vezes mais do que Facebook e Twitter juntos. E-mail vende, e-mail converte.

Dificilmente você vê um anuncio no Facebook, cai e compra. Vá da mídia social para o seu site, pega o e-mail desta pessoa e aí inicia um relacionamento. O grande desafio do marketing digital hoje é esse tá? É um dos principais desafios, porque hoje é fácil você ter um site de altíssima qualidade, otimizado, é fácil você posicionar conteúdo também, é fácil você anunciar, é fácil criar conteúdo, é fácil você ter tecnologia de ponta, é fácil você fazer e-mail marketing, é fácil você fazer automação, é fácil você fazer mídias sociais também.

É esse o ponto, você conseguir usar o melhor das mídias sociais e não depender das mídias sociais.

É o que é chamado de meação ou sharecropping. Dificilmente grandes marcas fazem da melhor forma possível, mas se você pega quem entende de internet, de rede social na prática e a fundo e não tem um budget gigante, você normalmente sai da rede social, cai no site e faz o download  de algum material, que a gente chama da isca digital, uma “propina ética”, faz um download de alguma coisa, consome o conteúdo, não precisa nem fazer download, você lê o artigo, você ouve um podcast ou vê um vídeo que está no site, por exemplo, e aí você se inscreve na lista e dá o seu e-mail.

Você troca o seu e-mail para continuar ou tendo acesso aquele conteúdo ou receber as novidades via e-mail ou ter acesso a um outro conteúdo mais específico. Então, esse que é o ponto, você inicia o relacionamento, você não sai da rede social, de um anúncio ou em qualquer conteúdo e vai para um site e já compra. Não. Você não vai num bar e pede uma menina para sair. Ou se você é uma mulher, você não vai num cara, por exemplo, a primeira vez que você conheceu o cara você já não pede para casar. Você conheceu a menina agora, você não pede para casar agora, não pede para namorar no primeiro encontro, você primeiro sai, vai conversar, vai ver se realmente existe um fit para um relacionamento de um longo prazo.

Então, veja, uma coisa é um produto, um commodity simples que você compra na hora, não desperdiça a sua verba achando que você vai vender na hora, usa o melhor das mídias sociais. Então, para você tentar viralizar o seu conteúdo, para você segmentar, que esse é o grande diferencial hoje. Você consegue segmentar muito bem com as mídias sociais, mas é uma escolha sua, você pode usar o melhor das mídias sociais e acabar dependendo completamente… o seu negócio depender completamente daquela rede específica.

Então, se você usar o Snapchat, se você usava o Facebook orgânico e o seu negócio rodava lindamente dessa forma, e agora todo mundo sai do Snapchat, está no Instagram History, e nessa migração você perdeu 80% da sua audiência, aonde é que você está investindo os seus esforços hoje?

Será que você está investindo seus esforços agora no Instagram History, que pode ser que amanhã já vai aparecer outra coisa e você vai ter que migrar de novo toda a sua audiência para uma outra rede ou você está tentando agora ser o dono dessa comunicação via e-mail marketing? Trazendo essas pessoas das redes sociais para o seu site, para você pegar o e-mail dessas pessoas e aí sim você não depender de ninguém, porque o seu domínio é seu, a sua audiência é sua, mas se você depende de um terceiro, de um intermediário, se você depende do Facebook, se você depende do Instagram, se você depender do Snapchat, se você depende do Google, inclusive, o Google é um intermediário. Tá? Então, ah, legal, as pessoas usam o SEO hoje, as pessoas usam o Google, você usa SEO, sua marca usa SEO, as pessoas caem no Google, buscam, acham a sua marca, mas cada vez mais o Google está entendendo isso e já não está mais levando as pessoas par aos sites.

Então você já tem hoje o endereço, o telefone, o horário de funcionamento, você tem uma série de informações hoje dentro do Google, o Google está levando aquele cliente para você, está levando aquela pessoa para encontrar você, para encontrar os seus serviços, os seus produtos. Ótimo. Só que você ainda está dependendo do Google, cada vez mais tem mais gente nisso, então se você não tomar esse cuidado, de você ser o dono da sua audiência, o dono da comunicação com a sua audiência, você corre um sério risco. Então, você deve tentar usar o melhor das mídias sociais e o melhor da internet. Usa o seu site, usa o e-mail marketing e continua usando o melhor das mídias sociais.

Mas tenha certeza que você está trazendo essa audiência para mais próximo de você e que você tem uma forma de se comunicar com elas caso tudo vá por água abaixo amanhã. Então, se o Facebook sai do ar ou se mudou para uma outra rede social e agora o que que você faz? Então, fica esperto com isso, tenta trazer esse pessoal para o mais próximo possível de você e a gente se vê em breve. Um abraço.

Por Daniel Zollinger Chohfi

Daniel Zollinger Chohfi é empresário, publicitário, e ajuda empreendedores a construírem seus negócios com a internet.

Há mais de 15 anos no mercado, já foi dono de agências de marketing digital no Brasil, morou nos EUA, e é editor-chefe do Vitamina Publicitária, eleito como um dos melhores blogs de marketing pela Hubspot. Recentemente foi destaque na Copyblogger, considerada a bíblia do marketing de conteúdo pela VentureBeat.

4 respostas em “MNM 25: A Melhor Estratégia de Mídias Sociais”

Boa tarde Daniel,
Sábias palavras em relação as mídias sociais, creio que o sucesso esteja mais no tempero do que nos ingredientes, pois hoje quase todos temos os mesmos ingredientes, quer seja para fazer um arroz com feijão ou uma paella, então saber
dosar e temperar seus ingredientes é o que vai fazer sua audiência, pois arroz com feijão todo mundo sabe fazer, mas aquele que ninguém esquece!!! este sim vai criar uma audiência real, penso eu!!!
abraços
Dionisio

Comente: