Categorias
Blog Publicidade

O que esperamos da publicidade em 2015?

Ah, o ano novo. Aquele recomeço lindo e promissor. Planos, metas e objetivos pipocam com uma fertilidade nordestina (nada pessoal) em nossas mentes enquanto repetimos aquele mantra: esse ano vai ser diferente.

Em 2014, a publicidade brasileira e mundial merece uma grande salva de palmas. Tivemos cases de sucesso. Tivemos grandes empresas, especialistas em nos arrancar suspiros, dando show em ações publicitárias. Tivemos pequenas empresas que ganharam visibilidade por ações inovadoras.

A publicidade é isso. Inovação, criatividade, ação. É não ser resiliente o tempo todo. É sair daquela zona de conforto que, se bem analisada, não é nada confortante. Não se trata de estar a frente dos outros. Trata-se de estar a frente de você mesmo, das suas expectativas.

Para este ano que, ainda tímido, se inicia, esperamos mais ainda do mundo publicitário. Menos flyers e mais ações; menos respostas a comentários e mais face-to-face. As ferramentas para fazer uma publicidade mais humana, mais próxima, mais presente, são inesgotáveis. No entanto, entre todas essas que se oferecem faceiras, a mais eficiente nós já temos: o ser humano com sua infindável mente criativa.

Evoluir é preciso. Dar um passo (à frente) é necessário. É imprescindível se abrir para o mundo assim como o ano se abre em 365 novas e incríveis oportunidades para cada um de nós. Que a publicidade nos surpreenda e que, mais do que lucro, ela gere satisfação, felicidade e sorriso no rosto. Vem com tudo 2015!

Foto na praia via Shutterstock.

Por Michele

Redatora publicitária, gerente de pauta e leitora assiduamente assídua. Graduada em Letras, mas amante e aprendiz da Publicidade e, principalmente, de Marketing de Conteúdo. Entre em contato no Facebook.

Comente: