Categorias
Blog Populares Publicidade

Seja um Incentivador de Pessoas

Nos estudos, no trabalho, por hobby: independente da categorização, em algum momento, iniciamos algo em nossas vida.

Aliás, a nossa vida é feita de (re)começos. Todos nós, invariavelmente, sofremos (com) a pressão de “ter que se sair bem no que se propõe a fazer”.

E, arrisco dizer: todos nós falhamos por excesso de crítica e falta de incentivo.

No mundo publicitário, tendemos a sempre esperar pelo melhor de todos. Não fazemos distinção se o profissional em questão tem longa estrada ou se está dando os primeiros passos. Se ele não superar (sim, porque não basta satisfazer) as expectativas, ele raramente terá uma segunda chance.

Somos grandes (des)incentivadores de pessoas! Sim, a realidade, por mais crua e amarga que seja, é essa. Não apostamos, não incentivamos, não apoiamos os novos talentos. A prova é que, mesmo por sátira, relacionamos os estagiário a erros.

Talvez, isso não aconteça por má-fé. Fomos criados para receber e aceitar somente o melhor. Nada menos.

A questão é que a excelência se obtém com o tempo, com a experiência, com os erros, com os acertos. Ela não nos é dada quando saímos da faculdade (o que justifica, por exemplo, termos tantos talentos que nunca frequentaram as salas acadêmicas). E, nesse processo longo e profundo, há mais quem tente derrubar do que dar a mão para levantar.

Não somos a geração da mudança? Do inesperado? Então, por que não usamos isso para ajudar, para incentivar? O conhecimento compartilhado não vai tirar a sua vaga de trabalho; do contrário, ele provavelmente poderá ser a porta de entrada para boas e novas oportunidades de crescimento e sucesso.

Criticar de forma destrutiva o trabalho de quem está iniciando não vai (nem de longe) melhorar a qualidade do seu trabalho. Justificar a crítica a quem está começando porque “você passou por coisa pior” não vai diminuir as barreiras que ele irá enfrentar.

Portanto: que deixemos de criticar.

Que passemos a aceitar com paciência e bons olhos o novo. Que sejamos otimistas e resilientes. Que possamos ver no estagiário de hoje, o criativo de amanhã.

Que sejamos incentivadores e encorajadores de pessoas; porque, de destruidores, o mundo tá cheio!

Por Michele

Redatora publicitária, gerente de pauta e leitora assiduamente assídua. Graduada em Letras, mas amante e aprendiz da Publicidade e, principalmente, de Marketing de Conteúdo. Entre em contato no Facebook.

Comente: