Categorias
Blog Publicidade

O que você quer ser quando crescer?

Se você está lendo o Vitamina Publicitária, provavelmente você trabalha (ou quer trabalhar) com publicidade, comunicação, etc. E nós, profissionais da área, bem sabemos como é difícil sobreviver nessa selva chamada mercado de trabalho.

Todos os anos, temos uma nova leva de recém-formados e o mercado não consegue absorver todo mundo. Ainda assim, esses cursos são muito procurados; talvez porque exista um glamour sobre o maravilhoso mundo das agências, ambientes de trabalho criativos, divertidos, de gente descolada…
Apesar de parecer muito cool, a verdade é que o trabalho em agência também tem muitas desvantagens. Poucas registram carteira, isso significa que você não tem vinculo empregatício, ou seja, não tem benefícios básicos que são direito de qualquer trabalhador: seguro desemprego, FGTS, INSS, e todas aquelas coisas que seu pai sempre falou e você nunca ligou.

Eu sempre trabalhei em agências e fugi desse mundo. Optei por entrar em uma empresa onde, sim, não tenho tanta “liberdade pra criar”, mas que com certeza é mais estável. Eu não estou aqui pra dizer que você não deve trabalhar em agência, apenas que você deve pesar os prós e contras, e isso é realmente uma decisão muito pessoal.

Acho que meus anos de agência valeram para desenvolver uma forma de criar que me ajuda muito hoje, mas chega um ponto em que você precisa de mais do que isso. É uma pena que o mercado de agências seja da forma como é: o cara é explorado, trabalha a mais sem receber hora extra, não tem benefícios básicos e ainda acha que seu emprego é super bacana porque tem vídeo game e não precisa bater ponto.

Mas não podemos ser inocentes de achar que isso é só culpa dos donos de agência, que só se preocupam com o próprio lucro que não investem no desenvolvimento da equipe. Nós contribuímos para esse cenário porque aceitamos essas condições de trabalho informais. E não me venha com “ah, mas eu não tenho opção”, acredite, você tem. Se ninguém se sujeitasse a isso, o mercado certamente seria diferente.

Mas e você, o que acha de tudo isso? Vale a pena focar a carreira num esquema informal de trabalho em agência? Será que isso tem solução?

Conheça o ambiente de trabalho de algumas agências ao redor do mundo:

Autora: Poka Nascimento ( Tatiana )

Comente: