Categorias
Blog Design Populares Social Media Variedades

Teoria da Persuasão x Campanhas Publicitárias

Sabe aquela campanha que você adora e que não sai da sua cabeça? Além de ser, com certeza, uma ótima campanha, ela pode estar relacionada com a Teoria da Persuasão. Quem estudou ou estuda Comunicação e Publicidade já deve ter ouvido falar na Teoria da Persuasão. Essa teoria é uma das Teorias da Comunicação que estudam a relação entre emissor e receptor.

A Teoria da Persuasão trabalha com a questão do inconsciente humano, onde cada um tem uma reação diferente perante a mensagem e o que define se essa reação é positiva ou não são as barreiras psicológicas, ou seja, espécies de “filtros” que fazem o emissor se deixar influenciar ou não.

O que a mídia e as campanhas publicitárias têm feito é investir em idéias que busquem quebrar essas “barreiras psicológicas”. Não seriam efeitos de manipulação e sim de persuasão.

Segundo a teoria há alguns aspectos que conseguem quebrar essas barreiras com certa facilidade como campanhas bem humoradas (que passam a sensação de alegria além de fixar a campanha na cabeça do receptor), com emissor de credibilidade (aquele mocinho da novela que fala bem de um produto), pequenos animais (mostrando a parte inofensiva) e, claro, campanhas com crianças.

Veja um exemplo de campanha.

E aí, faz sentido pra você?

Por Fernanda

Fernanda Spinosa é estudante de Publicidade, com o pé na Produção de Conteúdo Digital e Social Media. Trabalha há 2 anos na área, gosta de Chaves e não dispensa uma boa música, seja o ritmo que for.

Uma resposta em “Teoria da Persuasão x Campanhas Publicitárias”

Comente: