Categorias
Blog Marketing Marketing de Conteúdo

Como Criar Conteúdo com a Técnica de Neuromarketing Discurso Fechado

Criar conteúdo para seu negócio como criativo empreendedor é uma arte, mas também uma ciência.

O neuromarketing é mais uma área que pode ajudar você a fazer marketing de conteúdo, e a técnica discurso quadrifásico, ou discurso fechado, pode ajudar.

Hoje você vai aprender a estruturar um conteúdo, seja ele um texto, vídeo, áudio ou qualquer outra peça que tem o objetivo de atrair, reter e fidelizar clientes.

Porque depois de atrair clientes em direção a seus produtos e serviços e aprender como vender, você, a sua equipe, ou um fornecedor, vai criar conteúdo.

E é esse conteúdo que vai trazer o cliente para mais perto da sua marca e fechar a venda.

Mas isso não deveria ser o papel da minha equipe de vendas? Não se você não quer mais correr atrás de novos clientes todos os dias.

Se você deseja que as pessoas que precisam e buscam seus produtos e serviços achem a sua empresa, a melhor estratégia é ser encontrado, certo?

E para você ser encontrado no Google, há duas opções. Pagar por anúncios (Google AdWords), ou produzir conteúdo de alta qualidade que é bem posicionado e rankeado no Google porque as pessoas estão buscando por este conteúdo.

Se você não deseja pagar para estar bem posicionado no Google, pelo resto da vida da sua empresa, e cada vez mais caro, produzir conteúdo é a solução.

O conteúdo que você publica serve de isca para trazer os seus clientes pelo Google e pelas redes sociais. Se você quer crescer e escalar o seu negócio, essa é a melhor estratégia.

E se você já entendeu a fundo as necessidades do seu cliente e sabe que ele precisa de informações diferentes em cada etapa do ciclo de venda, é hora de aprender como criar conteúdo persuasivo para compartilhar no Google a nas mídias sociais.

Como Criar Conteúdo Com Neuromarketing

Neuromarketing Discurso Fechado

Para criar conteúdo de qualidade, é necessário que ele seja estruturado de uma forma que os seres humanos conseguem assimilar, entender e tomar a ação que você deseja após consumirem seu conteúdo.

Existem duas formas para estruturar o seu conteúdo que servem de ponto de partida: Storytelling e neuromarketing.

Elas podem ser usadas em conjunto, e o mais importante é criar um conteúdo em que o leitor atinja a sua meta ou resolva o seu problema.

Vamos fazer isso de uma forma que engaja e prova que o seu conteúdo é bom, levando você para uma posição de autoridade, trazendo o cliente para mais próximo de você através da confiança estabelecida e deixando a venda mais próxima de ser fechada.

O conteúdo precisa ser produzido da forma que a mente humana gosta de ser convencida.

E fazemos isto através do discurso fechado, ou discurso quadrifásico, que é uma das técnica de neuromarketing mais efetivas.

criar-conteudo

O Discurso Fechado

O primeiro elemento que você precisa no seu conteúdo para atrair, vender e fidelizar com a internet e as redes sociais é uma headline, ou título do seu conteúdo.

A headline é uma linha de assunto que chama a atenção do seu cliente.

É uma chamada que ele realmente quer ler. E você vai chegar nessa chamada com a sua buyer persona e o seu planejamento de conteúdo para o ciclo de vida do cliente.

A Primeira Impressão é a que Fica

A headline é essencial porque não adiantar você criar o melhor conteúdo do mundo se ele não for aberto.

Se o seu conteúdo não for aberto, não vai ser lido.

Com a buyer persona e o seu planejamento de conteúdo você vai adicionar palavras que ressoam com a sua audiência e chegar em uma headline que chama a atenção porque é específica para o seu cliente.

Use palavras persuasivas e seduza o seu leitor.

Agora vamos ver como funciona a estruturação do seu conteúdo com o discurso fechado.

A Introdução

Como-Criar-Conteudo

A primeira parte que você necessita é de uma introdução.

Ela precisa ser o resumo da história e inspirar o seu leitor para ele continuar lendo. Pode ser uma história, um fato, elogio, conselho, pergunta, desafio… Vai depender da sua estratégia.

A introdução é importante porque é onde você faz uma promessa que vai ser respondida ao longo do seu conteúdo.

Tente responder na introdução:

  • Por que o leitor deveria continuar lendo?
  • Por que ele deveria se importar com o que você escreveu?
  • O que tem neste conteúdo para ele?

Lembre-se que o leitor, seu potencial cliente, é o herói da história que você está contando com seu texto. O que ele vai conseguir fazer após consumir o seu conteúdo? Qual é o resultado?

A Narração

A segunda parte é chamada de narração, que é a história da matéria, a essência do conteúdo, também conhecida como desenvolvimento do conteúdo.

Aqui você vai contar o que precisa, de uma forma lógica, que mostre o seu conhecimento sobre o assunto, que seja fácil de ler para o seu cliente e que realmente agregue valor para ele.

É essencial lembrar que aqui é onde você agrega valor, ensina, para depois pedir a venda.

E quanto mais valor você agregar, mais caro você pode cobrar.

A Prova

A terceira parte é chamada de prova. Responda:

  • Por que tudo que você escreveu é verdade?
  • Porque o seu leitor ou cliente deveria acreditar em você?
  • Quais provas, estatísticas, números ou referências você tem para embasar a sua história?
  • Quais os resultados que você ou outras pessoas atingiram com o que você contou?

Essa parte prova porque ele deve fazer a ação que você vai sugerir na quarta parte.

A Conclusão

neuromarketing-storytelling

E a quarta parte é a conclusão.

Agora você precisa revisar os pontos principais do seu discurso e influenciar as emoções e ações do seu cliente. Incitar e incentivar o seu leitor a realizar a ação que você deseja, que é o que chamamos de call-to-action, ou chamada para ação.

Basicamente essa é a estrutura de um artigo de blog que você deve criar, postar no seu blog e compartilhar nas mídias sociais.

Ele vai atrair, vender e ajudar a fidelizar os seus clientes porque é resultado do estudo da buyer persona, do planejamento de conteúdo para o ciclo de vida do cliente, e está estruturado de uma forma persuasiva.

Existem muitos outros detalhes que também são importantes na estruturação do seu conteúdo e as imagens são cada vez mais importantes no seu conteúdo.

Mas esta é a estratégia básica para divulgar a sua empresa pela internet e chamar a atenção nas redes sociais para que as pessoas se interessem pela sua página e se transformem em clientes potenciais.

E é assim que você gera tráfego barato e segmentado para o seu site, ao invés de anunciar. É assim que fazemos marketing de permissão. É assim que se faz marketing digital, marketing de conteúdo e inbound marketing.

O discurso fechado é a forma mais básica de produzir conteúdo de qualidade, seja um artigo de blog ou para criar um curso online.

Foto do livroárvore, neurônio e PNL via Shutterstock.

Artigo publicado originalmente em 16 de Março de 2015.

Por Daniel Zollinger Chohfi

Daniel Zollinger Chohfi é empresário, publicitário, e ajuda empreendedores a construírem seus negócios com a internet.

Há mais de 15 anos no mercado, já foi dono de agências de marketing digital no Brasil, morou nos EUA, e é editor-chefe do Vitamina Publicitária, eleito como um dos melhores blogs de marketing pela Hubspot. Recentemente foi destaque na Copyblogger, considerada a bíblia do marketing de conteúdo pela VentureBeat.

3 respostas em “Como Criar Conteúdo com a Técnica de Neuromarketing Discurso Fechado”

Comente: